O que é necessário para se ser um político

Spread the love

Pela Constituição Portuguesa qualquer cidadão desde que seja maior de 18 anos tem acesso aos cargos públicos. Apenas existem restrições à falta de cidadania portuguesa, residirem fora do país, penas de prisão temporária e portadores de doenças psiquiátricas.

Mas como podemos seguir a carreira política? Como nos devemos preparar para tal? Apresentamos alguns passos para ter sucesso, mas é importante ter em conta que existe um longo e difícil caminho a percorrer:

Educação:

Apesar de não ser obrigatório, é muito importante um grau académico superior, assim reforçam a vossa credibilidade e permite atuar mais qualificadamente. As áreas académicas mais comuns à política são o Direito, a Ciência Política, Relações Internacionais e Economia. Para os Estágios do respectivo curso o ideal é em empresas de renome ou de serviços públicos.

Voluntariado:

A causas públicas – Este comprova dedicação e entrega à comunidade, juntar-se, por exemplo, a uma instituição sem fins lucrativos;

A causas políticas – inserir-se desde cedo no campo político e ajudar, por exemplo, numa campanha. Pode conhecer pessoas decisivas para a sua carreira e ao mesmo tempo encontrar um mentor.

Filiar-se num partido político:

Seguindo a sua ideologia política escolha o partido, onde vai conhecer companheiros e mestres. Relacionar-se da forma ideal com todos é um passo para um futuro lançamento na carreira. Procurar nunca faltar às reuniões do partido.

Tenha um trabalho flexível:

Isto aplica-se caso não consiga se dedicar a tempo inteiro à política. Esta flexibilidade é necessária para conseguir estar sempre presente em todos os eventos, ou pelo menos na maioria.

Estude e aprenda sobre os métodos governamentais:

Conheça a história e actualidade. A cultura não ocupa lugar e é importante conhecer o passado para se compreender o futuro.

Relacione-se com o maior número de pessoas:

Conhecer e relacionar-se pessoas tanto na área política como social. Se por um lado os primeiros contribuem para o início da carreira, os segundos são potenciais votantes.

Aproveitar o melhor possível as redes sociais para se dar a conhecer.

Aparência apropriada:

Procure ter a aparência  que agrada ao maior número de cidadãos. É uma questão de marketing. Venda a sua imagem o melhor que conseguir, por isso invista sem hesitar na mesma.

Aprenda a falar com o público:

Ser um bom orador e cativar o público é essencial. Conseguir ser o centro das atenções enquanto falamos é uma arte. Isto conjugado com a imagem, movimentos e ações corretas torna-se meio caminho andado para se sair vencedor.

Comece por concorrer a um cargo local:

Primeiro conquistar a sua localidade e ganhar experiência, de seguida dar-se a conhecer ao resto do país.

Resumindo: tem de ser organizado, educado, simpático e mostrar-se Está pronto para começar?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *