O que seus dispositivos inteligentes sabem e compartilham sobre você?

Spread the love

Tecnologicamente, como funcionam os dispositivos smart?

Basicamente, o sistema smart pode ser facilmente reduzido e compreendido como um tipo de tecnologia de auto monitoramento, análise e relatório. Trata-se de um conjunto de ferramentas com a capacidade de monitoramento, que podem ser inseridos em HDD’s, ou seja, disco rígidos e SSD’s, que são os dispositivos de estado sólidos. Tais sistemas são capazes de detectar e criar relatórios acerca de inúmeros indicadores de confiança de uma determinada combinação, com o objetivo de antecipar a segurança em caso de avarias a nível de hardware.

Quando as informações detectam uma provável imperfeição do dispositivo, o software que está sendo executado no sistema que o detém, tem a possibilidade de avisar o usuário, e assim  toda a informação contida no dispositivo podem ser reproduzido para outro dispositivo com capacidade de armazenar estes dados. Este movimento, então, permite que o dispositivo com defeito possa ser trocado em tempo hábil, antes de perder qualquer informação.    

Como agem os dispositivos inteligentes, como computadores, smartphones, tablets e outros?

Você já se deparou com o pensamento de que um pequeno telemóvel faz parte de quase cem por cento do seu dia? Que em todos os momentos do seu cotidiano ou você utiliza ou então armazena suas informações no dispositivo?  

Garanto que sim, afinal, este pequeno objeto está lado a lado conosco desde a hora que acordamos, até a hora que vamos dormir, além de intermediar todas as nossas conversas com famílias, amigos, colegas de trabalho, além de aplicações que nos auxiliam em inúmeras atividades e decisões, se considerarmos o fato de que consultamos sempre a internet para algum assunto que necessitamos.

No sistema de armazenamento de informações dos dispositivos não estão guardados apenas números de telefones de pessoas conhecidas, mas sim todas as informações de locais que você costuma frequentar,  gostos musicais, preferência por restaurantes, lojas, informações contidas nos seus e mails, transações financeiras, horários de despertar, além de muitos outros.

Esses dados apontados acima são os mais comuns, mas devemos salientar que as informações de localização de seus dispositivos são os responsáveis por contar detalhadamente a sua rotina. Por exemplo, está registrado no seu dispositivo a sua capacidade, em velocidade, de locomoção, seja de carro, ônibus ou a pé. Além disso, o seu dispositivo inteligente também armazena as informações de onde você vive, trabalha ou então desfruta de seus momentos de lazer. Tudo isto se deve ao fato da utilização da opção ativa de localização, necessária para usar inúmeros aplicativos.

Os dispositivos inteligentes também podem registrar quais tipos de transporte que você utiliza e com qual frequência, devido ao uso de aplicativos para ligar para táxi ou outros.

Com todas estas informações escritas neste texto, podemos nos atentar e refletir sobre os cuidados que devemos ter ao compartilhar ou disponibilizar nossa rotina nestes dispositivos.

Se a atenção aos dados emitidos nos telemóveis devem ser cuidadas com relação aos adultos, cabe salientar que com as crianças este zelo deve ser redobrado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *